ABERTURA DA EXPOSIÇÃO AKASHICOS ACONTECE NA PRÓXIMA TERÇA-FEIRA, 20 - Recife Olinda

Estamos lançando uma sessão com a programação dos teatros.

Receba nossas informações

sábado, 17 de fevereiro de 2018

ABERTURA DA EXPOSIÇÃO AKASHICOS ACONTECE NA PRÓXIMA TERÇA-FEIRA, 20


O artista plástico Antônio Amorim, 66, apresenta a sua obra ao público pernambucano, na exposição Akáshicos, a partir de 20 de fevereiro, no Centro Cultural Correios - Av. Marquês de Olinda, 262, Bairro do Recife/ Recife - PE.
A sua obra pretende, tal qual anuncia o filósofo francês Theilard de Chardin (1881-1955), no livro Cosmogênese, faz um registro da experiência coletiva  dos seres humanos conectados em rede, apresentando de forma muito expressiva, figuras que emergem ora dos universos celestes, ora terrenos ou marítimos, por meio de seres humanos; não-humanos; espíritos; divindades e extraterrenos, residindo nestes, elementos da diversidade de mundos e culturas com os quais o artista nos presenteia.  
Estreando no mercado das artes visuais, após ter acumulado uma quantidade significativa de pinturas, ao longo dos anos, Amorim, sentiu a necessidade de interagir com o público e ampliar o seu universo com a troca de conhecimentos nesta área. "A iniciativa de promover essa primeira exposição representa a realização de um sonho e o desejo de avançar no caminho das artes plásticas", revela o artista, que passou grande parte de sua vida produzindo individualmente, de forma empírica. O evento tornou-se possível por meio do representante Norte/Nordeste da Funarte, Alcidésio Santana, com o apoio do Centro Cultural Correios.

PERFIL      
         Amorim é pernambucano, cursou Economia e Administração na UFPE, viajou pelo Brasil durante os anos de trabalho, quando esteve à frente da área comercial de diversas empresas. Sempre lidou com diversos públicos, e talvez daí tenham vindo a inspiração e a inquietação que culminaram nas pinturas que trazem elementos predominantes  do estilo surrealista, envolvidos em universos abstratos.        
         Em 2010, começou a esboçar em desenho, os primeiros experimentos de sua obra e, em pouco tempo, passou a pintar em papel cartão. Para ele, é como se fotografasse holograficamente a noosfera e acessasse os registros akáshicos, expressos em cada trabalho que apresenta, com traços que parecem vir do campo de energia dos pensamentos e dos sentimentos humanos, tanto positivos quanto negativos.
        

FORMAÇÃO DE PÚBLICO
         A exposição é composta por 25 obras de três tamanhos distintos, sendo cinco delas em tamanho 36x26cm; 10 peças com 58x66cm e outras 10 medindo 66x96cm. A técnica utilizada pelo artista é, prioritariamente, pintura com as mãos, feita sobre papel cartão e papel kraft.
         E para contribuir na formação de um público apreciador dessa  modalidade de arte, o artista pretende, durante o período da exposição, promover oficinas sobre o seu processo de produção e a técnica que utiliza. "O objetivo é disseminar uma produção artística inovadora, associada à oportunidade de interagir de maneira teórica e prática com o público presente', revelou.
         Na noite de abertura do evento, haverá apresentações culturais, entre elas, o grupo de maracatu, Várzea do Capibaribe.
         Com um acervo significativo de material produzido, Amorim pretende, em seguida a essa primeira exposição no Recife, apresentar o seu trabalho na cidade de João Pessoa, onde reside atualmente. No dia 03 de abril, abrirá temporada no Centro Cultural Mangabeira. E ainda no primeiro semestre deste ano, no espaço cultural da Livraria do Luiz, no Centro da cidade.




SERVIÇO:
Exposição  Akáshicos . Abertura: 20/02/18, às 18h
Temporada até: 20/03/2018.
Local: Centro Cultural Correios - Av. Marquês de Olinda, 262, Bairro do Recife, Recife/PE.
Horário de  visitação: de terça-feira a sexta-feira, das 9h às 18h
aos sábados e domingos, das 12h às 18h.
Entrada franca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário