Pesquisa

CONFIRA AS NOTÍCIAS

Coco dos Pretos comemora 12 anos de criação neste final de semana

by - maio 24, 2018


Para comemorar seus 12 anos de criação, o Coco dos Pretos comanda um fim de semana repleto de atividades no Centro Cultural Cambinda Estrela. No sábado, o local receberá oficinas voltadas para a música negra e, no domingo, será montado um palco para shows da banda aniversariante e outros grupos convidados. A proposta é fortalecer a produção artística da comunidade de Chão de Estrelas, no Recife, onde fica o espaço.
Chão de Estrelas é um lugar muito carente de atividades culturais, por isso, vimos nessa festividade uma oportunidade de convidar as pessoas para conhecerem a nossa comunidade”, explica Adriano Santos, que é fundador e vocalista do Coco dos Pretos. Ao lado de Maria Luna, o músico, que também integra o Maracatu Cambinda Estrela, comandará a oficina de maracatu. Ilke Barbosa e Madson Veridiano, membros do Coco dos Pretos, irão ministrar a oficina de coco. Já a oficina de dança afro ficará sob responsabilidade de Ana Paula Guedes, conhecido pelo seu trabalho como cantora no grupo Voz Nagô.
Quem não for associado ao Centro Cultural, também poderá participar das aulas, que acontecerão neste sábado, mediante a contribuição de R$25. Já no domingo, a programação de shows será gratuita e contará com apresentações de grupos, como o Bongar e Afoxé Omô Nilê Ogunjá, que acompanham o Coco dos Pretos há muitos anos. “Infelizmente, não conseguimos reunir todo mundo que ajuda nosso trabalho, mas conseguimos trazer vários amigos. Então vai ser um dia especial, cheio de emoções. São 12 anos de luta e resistência. A gente já existe, agora a gente tem que resistir para ir além dos ciclos”, diz Adriano, ao explicar que o grupo pode ser considerado parte do Cambinda Estrela.
Além da festa, as comemorações também incluem a gravação do segundo disco da banda, intitulado “Rei do Sertão”, que deve ser lançado em novembro deste ano. “Vamos fazer uma alusão a Luiz Gonzaga e a Lampião, porque uma das músicas vai falar sobre a trajetória desses dois personagens que receberam o título de rei (em suas respectivas áreas de atuação). O disco também terá uma mistura de vários estilos de coco, como o coco trupé e o coco rabecado”, adiantou ele, que ao lado do Coco dos Pretos também já lançou o disco “Canto Branco, Canto Preto”, em 2010.
PROGRAMAÇÃO:
Local: Sede do Maracatu Nação Cambinda Estrela (Rua Dr. Elias Gomes, 420, Campina do Barreto. Recife-PE. Próximo ao terminal de ônibus de Chão de Estrelas)
DIA 26
Oficinas de maracatu, coco e dança afro
DIA 27
Shows:
16h00 – Maracatu Nação Cambinda Estrela
16h30 – Ciranda Sant’Anna
17h25 – Afoxé Omolu Pá Kèrú Awô
18h20 – Afoxé Omô Nilê Ogunjá
19h15 – Bojo da Macaiba
20h10 – Bongar
21h00 – Coco dos Pretos (part. Mestra Ana Lúcia e Reizinho)
21h50 – Grupo Cadência (part. Gabi do Carmo)

Por Portal Cultura PE

You May Also Like

0 comentários

Boi & Brasa

About Me