header ads header adsheader ads

De porta em porta Guto briga por votos em Olinda

Candidato conversa com moradores e recebe o apoio de que não acredita mais no grupo político que está na cidade e nas gestões anteriores 


Durante parte da tarde e início da noite dessa terça-feira (20), Guto Santa Cruz passeou pelas ruas dos Bultrins e Alto do Monte. Diferente das caminhadas políticas convencionais, o candidato anda com calma pelos bairros da cidade para conversar com moradores e comerciantes locais. A ideia é sempre parar em cada casa, ouvir as pessoas sobre os problemas de cada localidade e escutar dos residentes quais são melhorias que eles desejam e precisam.


Segundo Guto, esse modelo tem ratificado o seu modelo de campanha participativa, exatamente como ele pensa uma futura gestão, ouvindo as demandas dos olindenses e construindo uma cidade conforme a vontade do povo. “Os gestores estão acostumados a pensar sobre a cidade e executar da maneira que eles acreditam sem saber se é o que o povo quer. Nossa abordagem é diferente, vamos fazer uma Olinda para a gente acreditar de forma colaborativa”.




A comerciante Elisabeth Albuquerque Souza, de 75 anos, recebeu Guto no comércio que mantém há 50 anos na Estrada Velha dos Bultrins e concordou que Olinda precisa de mudança, de projetos, ideias e pessoas novas para fazer as melhorias que o bairro, assim como toda a cidade, precisam. “Moro aqui desde que nasci e esse bairro não evolui, as necessidades são basicamente as mesmas há anos e ninguém faz nada para resolver os problemas definitivamente”.


Durante a caminhada, o candidato encontrou o presidente da Associação dos Deficientes Físicos de Olinda, Dário Alves de Lima, também morador da região. Suas queixas vão desde a falta de acessibilidade nas ruas e calçadas da cidade, como a falta de fiscalização do transporte coletivo que atende o município, pois não fazem manutenções nos elevadores dos ônibus. “O município poderia ter também um setor para fabricação de muletas, cadeiras de rodas e próteses, por exemplo. Além de esportes e lazer para a pessoa com deficiência, mas não existe nada”, lamentou.


Guto Santa Cruz assinou, nos primeiros dias de campanha, um termo de compromisso com a população que tem deficiência na cidade, hoje mais de 100 mil pessoas. “Eu me comprometi que o deficiente de Olinda terá espaços de lazer e ruas com maior acessibilidade, assim como as escolas e demais órgãos da administração municipal. Porém, após ouvir as demandas de Dário, vamos pensar também em alternativas de esportes, especialmente para os jovens deficientes da cidade”.

A caminhada aconteceu ao lado do candidato a vereador da cidade, Robson de Paula.


Foto: Divulgação.

Postar um comentário

0 Comentários

header ads header adsheader ads