header ads header adsheader ads

Guto escuta feirantes em Rio Doce e promete melhorias estruturais

O candidato à Prefeitura de Olinda, Guto Santa Cruz (PDT), e o vice da chapa “Uma Olinda para a gente acreditar”, Samuel Herculano (PSOL), passaram a manhã deste sábado (24) ao lado dos feirantes de Rio Doce. Em conversa com os comerciantes, os candidatos ouviram queixas sobre os problemas da feira e quanto à ausência de ações da atual gestão.


O local, palco de caminhadas, panfletagens e discussões políticas constantes, devido ao número de eleitores que frequenta a área todos os dias, é também lugar de indignação e revolta. A espera de uma infraestrutura melhor para trabalhar, comerciantes e clientes não acreditam mais nos políticos de carreira, que já prometeram várias reformas físicas e estruturais no local e nunca cumpriram as promessas feitas em época de campanha.

Para os trabalhadores, Guto disse que não está passando nessa época apenas para pedir votos, mas para ouvir os problemas de cada pessoa que tira o sustento da família dos pequenos comércios instalados no terreno. "Os candidatos que prometem e não fazem nem podem voltar. Eu venho tranquilo, nunca enganei ninguém aqui, nem vou enganar, estou vindo para entender a realidade de cada cidadão e cidadã, assim como para trazer uma proposta de renovação".

Desde 83 vendendo o feijão verde na feira, o senhor Antônio Ramos da Silva conta que apesar de todo esse tempo, não é dono da banca onde trabalha. "A gente paga quinze reais a cada três dias pelo espaço, meu sonho é ter meu próprio banco de feira, como já prometeram para a gente. Quando os candidatos vêm, as pessoas escutam, esperam e nada é feito. Mas, não vou perder a esperança de que uma mudança de verdade e para melhorar vai acontecer”.

Enquanto trabalhava consertando sapatos, Albery José dos Santos, conversou com o candidato e disse que espera melhorias no local que precisa de novas telhas, que alaga quando chove e também precisa de uma revitalização geral. A única coisa que essa gestão fez por esse mercado foi construir um banheiro público todo errado, no meio da feira, sem conversar nem ouvir ninguém”, reclama.


Foto: Divulgação.

Postar um comentário

0 Comentários

header ads header adsheader ads