header ads header adsheader ads

João Paulo destaca prioridades para a habitação em Olinda



Populações de áreas de risco nos morros, moradores de palafitas e pessoas que ocupam terras em situação de conflito serão as primeiras beneficiadas por programa habitacional

Em entrevista à rádio Ynterativa FM, nesta terça-feira (27), o deputado João Paulo (PCdoB), candidato a prefeito de Olinda, destacou que sua prioridade para a habitação na cidade será para as populações que vivem em áreas de riscos nos morros, as que moram em palafitas e as que ocupam áreas de conflito pela questão da posse da terra. “Não posso fazer promessas que não possam ser cumpridas e sem conhecer a real situação financeira da prefeitura”, observou João Paulo. Ele lembrou, no entanto, que em sua gestão como prefeito do Recife essas prioridades tiveram grande dimensão, com a retirada das palafitas em Brasília Teimosa, em parceria com o presidente Lula e que possibilitou a urbanização do bairro de forma digna, e de outras áreas onde a moradia representava um grave problema social. 

Durante a entrevista, o candidato também informou que o carnaval de 2021 deve ser realizado em Olinda de forma híbrida, parte presencial e parte online, com obediência a todos os protocolos de segurança em relação à Covid-19. O objetivo é divulgar a festa para o Brasil e ao mundo, dentro de seu projeto de tornar a cultura olindense, assim como o turismo, em fonte de geração de renda para a população. João Paulo assegurou ainda que outros eventos da cidade, como o “Olinda em toda parte”, interrompidos pela atual gestão, serão retomados caso ele seja eleito. 

João Paulo reafirmou que um prefeito de uma cidade como Olinda – densamente povoado e com pouca arrecadação – tem que recorrer a parcerias para tocar seus projetos. “Vamos fazer parcerias com os governos estadual e federal, empresas e organismos nacionais e internacionais”, disse o candidato.  “Minha gestão no Recife, de onde saí com 88% de aprovação após dois mandatos, mostrou que é possível usar a criatividade, a participação popular e o trabalho de uma equipe competente para ir além. “A partir desse princípio, atacamos diversos problemas sociais da capital, especialmente na periferia, mas não deixamos de fazer grandes obras, como a requalificação da orla de Boa Viagem e o Parque Dona Lindu”.

Postar um comentário

0 Comentários

header ads header adsheader ads