Por Max Felipe - RecifeOlinda.com


Jorge Carreiro (PV), vice-prefeito de Paulista, assumiu a gestão do município na manhã dessa sexta-feira (23.10). O presidente da Câmara Municipal dos Vereadores de Paulista, Fábio Barros, presidiu a cerimônia de posse, acompanhado dos vereadores Vinícius Campos, Pedro Marinho e Alemão. A esposa de Jorge Carreiro, também, esteve presente na mesa.


Após a posse, Jorge Carreiro se dirigiu à frente da Prefeitura e fez seu pronunciamento às pessoas que estavam acompanhando do lado de fora. Na ocasião, foi informado que o secretariado será composto por um corpo técnico. O primeiro secretário a ser anunciado foi o advogado e vereador Vinícius Campos, na pasta de Articulação Política.  

Durante seu discurso, Jorge focou nas palavras impessoalidade e transparência. Segundo o prefeito, para a continuidade do trabalho, os 1095 funcionários comissionados  terão que ser apresentados a partir da próxima segunda-feira (26.10), às suas respectivas chefias, informando o seu interesse no serviço público municipal. Na visão do gestor, essa convocação será feita para identificar quem realmente está  trabalhando na prefeitura. 

Até o fechamento desta edição, a lista completa de todo o secretariado não foi informada.  


AFASTAMENTO
Jorge Carreiro assumiu a chefia do Executivo municipal por aproximadamente 16 dias, até que o ministro do STF, Dias Toffoli determinou a volta do socialista Júnior Matuto, ao cargo. Matuto reassumiu a gestão no dia 10 de agosto. Novamente, ontem (22.10), o afastamento do prefeito Júnior Matuto foi determinado, agora, pelo novo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, na quinta (22).  

A assessoria do gestor afastado (Júnior Matuto) informou à imprensa que ele está aguardando a avaliação dos advogados sobre o conteúdo do processo e "no momento oportuno se pronunciará".

Fotos: Prefeitura do Paulista/ Divulgação.