Candidato a prefeito de Paulista pelo MDB, Yves Ribeiro declarou na manhã desta quinta-feira (19) que recebeu a notícia ontem à noite do retorno do prefeito Júnior Matuto à prefeitura do município com muita estranheza e espanto.
De acordo com o candidato do MDB, a decisão do ministro do STF, Dias Toffoli, causou indignação jurídica, em razão do STJ ter negado por duas vezes a reintegração do prefeito afastado. "Existe tanta corrupção e sujeira por trás dele, que essa decisão causou perplexidade nas pessoas do bem", afirmou.

Yves, que disputa o segundo turno da eleição com o candidato Francisco Padilha(PSB), aliado de Matuto, fez questão de dizer que a decisão não terá qualquer interferência na eleição do dia 29 deste mês. "70% do eleitorado já reprovou a gestão dele no último domingo, por conta de tantas acusações graves de corrupção, desvio de dinheiro público, abandono da cidade, envolvimento irregular com empresários, falta de respeito com a população", alfinetou.

Coletiva
O prefeiturável dará entrevista coletiva hoje, às 16h, no comitê de sua campanha, para falar sobre os apoios recebidos nesta semana e apresentar projetos estratégicos de sua futura gestão.