header ads header adsheader ads

Emoção marca o segundo dia da Novena que prepara a Festa dos 29 anos da chegada da Mãe Rainha

O alvorecer de Olinda teve um brilho pra lá de especial neste sábado, dia 2 de outubro. Para celebrar o segundo dia da novena em preparação à Festa dos 29 anos do Santuário da Mãe Rainha de Olinda e Recife, centenas de pessoas se reuniram na orla de Olinda, por volta das 6 horas da manhã para um momento inédito: acompanhar a travessia da imagem da Mãe Rainha até a Ilha da Amizade, na praia do Quartel.








Depois da acolhida e oração conduzida pelo padre Afonso Wosny, a Mãe seguiu em um barco levada por um grupo emocionado de nadadores. "Pra mim foi uma experiência inesquecível, ter a Mãe ali, nos meus braços, abençoando as nossas famílias,  nossa cidade,  o nosso Estado" - destacou Carlos Alberto Santana, que transportou a imagem da Mãe Rainha  até a  ilha.

Ao redor do barco, as braçadas de fé de dezenas de nadadores imprimiam ainda mais emoção ao encontro.

O nadador Gabriel Cunha ficou em êxtase. "Fazermos essa travessia junto com a Mãe Rainha foi muito especial. Ela vem proporcionar muita paz a cada um de nós” - explica.



Logo após a chegada da Mãe Rainha na Ilha, o reitor do Santuário Tabor da Nova Evangelização, Pe. Vitor Hugo Possetti e padre Afonso Wosny proclamaram a leitura do Evangelho e a consagração à Mãe Rainha.  

"Estar aqui com a Mãe significa experimentar o extraordinário da graça de Deus que acontece quando entramos nas águas profundas da nossa fé. Primeiro, a Mãe de Deus, com o Filho em Seus braços nos encontra onde estamos. Depois, ela mesmo pede para entrar no nosso barco. Em seguida, de forma particular, nos diz: Vamos às águas mais profundas. Dessa maneira, a Mãe nos desafia a experimentar o extraordinário da graça de seu filho Jesus”. - comenta o padre.




Pedaladas e caminhadas de fé


Depois da peregrinação da Mãe Rainha até  a Ilha, a imagem voltou ao Santuário para receber centenas de Ciclistas e Corredores que vieram de várias partes de Olinda, de Recife e outras cidades próximas. Riva Mesquita, que faz parte da equipe "tamu junto na pista", ficou emocionado ao participar do encontro. " Que lindo reunir os atletas neste evento inédito aqui no Santuário.  Nas pedaladas de cada ciclista, no percurso dos corredores e nas braçadas dos nadadores, a Mãe Rainha faz morada". Riva destacou ainda a iniciativa solidária que move os corações de todos os participantes. "Juntos conseguimos arrecadar alimentos não perecíveis para irmãos que mais necessitam. Esse é o objetivo maior da nossa união" - explicou.

Charles Correia Nibbering, representante do grupo de Ciclistas "Pedal Família", falou sobre  as muitas bênçãos que a Mãe Rainha tem derramado. "A Mãe nos acolhe, nos abraça, cuida de nós. Ela nos protege, caminha conosco. Somos muito agradecidos por termos a oportunidade de fazer parte desse momento" -  enfatizou.


Bênção das chaves e dos carros


Ao final da  tarde, centenas de pessoas se reuniram no Santuário para a Santa Missa presidida pelo padre Argemiro Ferracioli e concelebrada pelo padre Rafael Flausino. O trânsito e os meios de transporte foram o tema central do segundo dia da novena. Por isso, ao  final da celebração,  em meio a muitos fogos de artifício,

os motoristas, as chaves de seus veículos, bem como os meios de transporte receberam uma bênção especial. “Estou muito feliz por participar desta festa, desta bênção para os motoristas e motociclistas. Que através de nós, essas graças se estendam para o trânsito de todo o Brasil” - comentou David Santos.

“Receber as bençãos das chaves do meu carro significa que eu e minha família passamos a ter uma proteção especial de Deus. Pra onde eu for estarei distribuindo a bênção que recebi hoje” - declarou Rubens Rosa, que falou com a voz embargada de emoção.

Para Joana D’Arc, a bênção move a vida de cada um. “Em tempos tão difíceis que estamos vivendo, é importante sermos portadores de paz, especialmente através dos meios de transporte. Daqui vou levar a paz para o trânsito” - descreveu.


Programação de Domingo e Segunda-feira

A novena preparatória à festa dos 29 anos do Santuário Mãe Rainha Olinda/Recife segue com muitas atividades durante o dia todo. Com o tema “Contigo peregrinamos em nosso lar” , a programação de domingo foi aberta com terços seguidos de Santas Missas durante todo o dia.

Para encerrar a programação de domingo, às 19h, a Novena solene será comandada pelos Noiteiros “Campanha da Mãe Peregrina”.



Na segunda-feira, o quarto dia da novena traz como tema “Mãe, Rainha, Contigo peregrinamos no trabalho”. Durante todo o dia, a imagem percorrerá diversos locais de trabalho, o comércio da cidade.

Às 16h, uma Santa Missa especial com bênção dos trabalhadores, desempregados e das carteiras de trabalho. Às 19h, a programação será encerrada com a Novena solene organizada pelos Noiteiros: Liga das Mães.


“Estamos vivendo um momento complicado. Por causa da pandemia muitos trabalhadores perderam seus empregos. Somente com a força de Deus e estando unidos a Ele podemos vencer as dificuldades” - afirmou o reitor do Santuário, Pe Vítor Hugo Possetti.


O reitor destacou também  que a Igreja vive o ano de São José, convocado pelo Papa Francisco ao publicar a Carta Apostólica intitulada “Patris Corde”. No ponto seis da Carta, intitulado “Pai trabalhador”, o Santo Padre diz que um dos aspectos que caracteriza São José é a sua relação com o trabalho.

“Junto da Mãe Rainha temos a figura de seu esposo, São José. Um carpinteiro que trabalhou honestamente para garantir o sustento da sua família. Com ele, Jesus aprendeu o significado de comer o pão fruto do próprio trabalho. Por isso, essa bênção especial por todas as pessoas que podem contar com um trabalho digno e aquelas que estão desempregadas por causa das crise imposta pela pandemia, por exemplo” - explica Pe Vítor.

Postar um comentário

0 Comentários

header ads header adsheader ads