header ads header adsheader ads

Cerimônia marca o tombamento do Terreiro Ilê Axé Orixalá Talabí

Em outubro de 2021, o terreiro foi declarado Patrimônio Histórico e Cultural de Origem Africana e Afro-Indígena da Cidade do Paulista

Na próxima quarta-feira, dia 26 de janeiro, a partir das 09h acontece a cerimônia de tombamento do Terreiro Ilê Axé Orixalá Talabí. Na ocasião o espaço sagrado será declarado Patrimônio Histórico e Cultural de Origem Africana e Afro-indígena Brasileira do Município de Paulista (Lei 5044/2021). A data também marca os 31 anos de fundação do terreiro, que fica localizado na Rua Orobó, 257, Paratibe - Paulista (PE).

Fotos: Divulgação / Ilê Axé Orixalá Talabí






Na programação será marcada com plantio de Baobá, roda de memórias com autoridades religiosas do terreiro, descerramento da placa de identificação patrimonial, almoço coletivo e falas com lideranças políticas e religiosas.

Para participar, precisa estar com o esquema de vacina contra a Covid-19 completo, além do uso obrigatório de máscara.

“Somos zeladores de uma cultura que se preserva entre a família a partir da oralidade, são os nossos terreiros que cuidam, mantêm e perpetuam todo este legado, os saberes, os modos e as formas de viver em harmonia com a natureza e suas forças. Este reconhecimento é um marco histórico para o nosso povo, para nossa cidade", afirma a Iyalorixá da casa, Mãe Lú de Iyemanjá.

"O tombamento é um marco histórico para os povos de terreiro da cidade, as comunidades de Terreiro são espaços fundamentais para a salvaguarda do patrimônio material e imaterial afro-indígena brasileiro", completou.

 

 

 

Projeto de Lei

O projeto de Lei apresentado pela vereadora Flávia Hellen (PT), foi aprovado por unanimidade pelos vereadores presentes na câmara municipal da cidade e tornou-se lei sancionada pelo prefeito Yves Ribeiro (MDB). Diversas instituições estaduais e nacionais, assim como lideranças de outras comunidades de terreiros localizadas em Pernambuco e em outros estados brasileiros apoiaram o reconhecimento do Terreiro Axé Talabi como patrimônio histórico e cultural da cidade.

Tradição e História

mais de trinta anos, o Terreiro Nagô Ilê Axé Orixalá Talabi atua na comunidade de Paratibe - Paulista (PE), preservando a cultura e religiosidade dos Orixás e dos Encantados da Jurema Sagrada. O legado ancestral familiar que fora repassado de geração em geração atravessou o tempo e possibilitou que em janeiro de 1968 fosse adquirido o primeiro imóvel que acomodaria a família e seus descendentes para continuidade do Axé, a força vital.

Em janeiro de 1991 foram realizadas as primeiras atividades rituais públicas dirigidas pelos fundadores Maria da Solidade – Mãe Dada de Oxalá e Aguinaldo Barbosa – Aguinaldo de Xangô, sacerdotes cujos familiares mantiveram as tradições sócio-culturais e religiosas afro-indígenas na cidade de Paulista.

 

Ações Educacionais e Sociais

O Terreiro Axé Talabi conta com um grande histórico de atuação social, a partir do desenvolvimento de ações educacionais e culturais que envolvem crianças, adolescentes, adultos e idosos. Já recebeu diversos prêmios e reconhecimentos públicos por estas atividades desempenhadas em sua comunidade de atuação.

Prêmios e Reconhecimentos

No ano de 2015 o Terreiro foi contemplado com o Prêmio Patrimônio Cultural dos Povos e Comunidades Tradicionais de Matriz Africana cujo objetivo foi reconhecer ações de preservação, valorização e documentação do patrimônio cultural dos povos e comunidades tradicionais de matriz africana do Brasil. Em 2018 recebeu o Prêmio Ayrton de Almeida Carvalho de Preservação do Patrimônio Cultural de Pernambuco, a ação contemplada foi o I Encontro Nacional de Crianças de Axé.

 

SERVIÇO - Cerimônia marca o tombamento do Terreiro Ilê Axé Talabí

Data: 26/01/2022

Local: Terreiro Ilê Axé Orixalá Talabí

Endereço: Rua Orobó, 257, Paratibe - Paulista (PE)

Localização: https://maps.app.goo.gl/7SiE2a58gpQmpRCq9

Informações: (81) 98791-6321 (Whatsapp)


Postar um comentário

0 Comentários

header ads header adsheader ads