Programação de Lives para o final de semana

Por Max Felipe



Durante o período de pandemia da covid-19, os artistas vem realizando diversas lives nas mídias sociais. Vamos mostrar aqui algumas lives para este final de semana.


#MINHA PLAYLIST SESC
Data: 05.06.2020
Horário: 20h

O projeto do Sesc acontece em parceria com o coletivo artístico Reverbo. O primeiro convidado é o músico goianense Juliano Holanda.


ANDRÉ RIO
Data: 06.06.2020

O cantor e compositor apresentará para o público canções de sua autoria inéditas, canções que já fazem parte do seu repertório e músicas do cancioneiro nordestino. Músicas como “Maria Bonita”, “Na Levada da Embolada”, “Menina Morena” e “Farol de Olinda” ganham novos arranjos, executadas por uma banda minimalista com baixo, bateria percussiva e piano acústico. 


SILVANA SALAZAR
Data: 06.06.2020

Paraense radicada em Recife, Salazar vem arrebatando as festas e eventos na cidade e em toda região. Ao longo de sua carreira, teve o privilégio de dividir palco com grandes nomes como Bell Marques, Ninha (Timbalada) e Claudia Leite. Com grande intimidade e desenvoltura de palco, Salazar também consegue manter a animação por horas em cima de um trio elétrico, onde já comandou blocos como o Galo da Madrugada, Micarina (Piauí), Fortal (Fortaleza), Carnaval, Parafolia, Carnabelém e tantas micaretas pelo Brasil.


Sugestão
Você quer divulgar sua live aqui no RecifeOlinda.com?
Envie para a nossa redação.
E-mail: recifeolindaonline@gmail.com







Saiba mais

RecifeOlinda.com registra arco-íris nessa sexta-feira

Max Felipe
Editor do Portal RecifeOlinda.com


Fotos: Max Felipe/ Portal RecifeOlinda.com


Foi um prazer registrar o lindo arco-íris na tarde dessa sexta-feita (05). A imagem é maravilhosa e mostra um "momento decisivo", como já dizia o fotógrafo francês Henri Cartier-Bresson. Lembro desse ensinamento da minha professora de fotografia da faculdade de jornalismo. E, aprender os ensinamentos de  Cartier me ajudou muito no jornalismo.



Hoje, houve esse "momento decisivo" e, por isso, resolvi aqui compartilhar com todos vocês. Segundo a física, o arco-íris é um fenômeno óptico que se forma em razão da separação das cores que formam a luz solar. Maravilhoso saber disso.

De acordo com Isarael Pedrosa, "a cor não tem existência material: é apenas sensação produzida por certas organizações nervosas sob a ação da luz - mais precisamente, é a sensação provocada pela ação da luz sobre o órgão da visão. Seu aparecimento está condicionado, portanto, à existência de dois elementos: a luz (objeto físico, agindo como estímulo) e olho (aparelho receptor, funcionando como decifrador do fluxo luminoso, decompondo-o ou alterando-o através da função seletora da retina).




Saiba mais

Aprenda a classificar os resíduos orgânicos

Max Felipe 
Editor do RecifeOlinda.com

Participei de um curso sobre Resíduos Sólidos na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), ministrado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi um aprendizado muito importante para a minha formação de jornalista. E também, gostaria de compartilhar um pouco do que aprendi com vocês.

A classificação dos resíduos gerados é algo fundamental. Por isso, vamos falar sobre eles.

Para quem não sabe, resíduos orgânicos são os restos de comida, cascas de alimentos, galhos, folhas secas, grama etc. A compostagem é uma das formas de se realizar a destinação ambientalmente adequada dos resíduos orgânicos. O material resultante desse processo, denominado composto pode ser usado para adubação (por exemplo, pequenas hortas e jardins), que contribui para a melhoria da estrutura do solo e diminui a necessidade do uso de agrotóxicos. 

No Brasil são produzidas 30 milhões de toneladas de resíduos orgânicos por ano, mas apenas 1,6% é destinado a compostagem. Os 98,4% restantes (mais de mil toneladas todos os dias) vão para os aterros. Vamos mudar essa realidade e também fazer nossa parte em prol do meio ambiente, com a plantação de uma horta ou jardim que contribua para a estrutura do nosso solo.

VÍDEO
Quando fui jornalista do Diario de Pernambuco fiz uma reportagem sobre um terreno baldio que tinha dado espaço a uma horta, colorindo o ambiente e deixando mais agradável.
Confira o vídeo da minha videorreportagem, publicado no Diario de Pernambuco.





Saiba mais

O que é ideologia?

Max Felipe
Editor do RecifeOlinda.com



Desde que o termo surgiu, em 1801, ele foi usado de formas variadas por diferentes pensadores. Segundo Júlia Falivene, a autora Marilena Chauí analisa muito bem a questão em seu livro O que é ideologia. 

Chauí diz mais ou menos o seguinte. "Para Marx as ideias dominantes em uma sociedade nascem de condições materiais de produção, da existência e das relações sociais por elas geradas naquele momento histórico. As ideias estão, pois, ligadas à maneira como são apropriados os bens, como é organizado o trabalho, estruturadas as divisões sociais etc., mudando quando mudam também essas condições".

Na sociedade, a ideologia aparece como um conjunto de ideias, valores, regras e sentimentos que têm por objetivo justificar como racional, natural ou normal as diferenças sociais, políticas ou culturais, tornando-se mais aceitáveis e ocultando sua verdadeira causa - a divisão de classes.


Saiba mais

Literatura no RecifeOlinda.com | Livro retrata história da Vila São José, em Paulista

Max Felipe
Editor do RecifeOlinda.com

A história da Vila São José, conhecida por Vila Poty, é contada no livro Preservando a Memória, do meu amigo Arnobio Pereira. A edição faz um resgate da memória de uma comunidade composta por empregados de uma companhia de cimentos, localizada na propriedade São José, no município de Paulista. A Vila foi implantada nos primeiros anos da década de 1940 e desativada e demolida em meados dos anos 90.


Desde os primeiros momentos de convivência profissional e social, o autor (Arnobio Pereira) sempre teve interesse em tudo que dizia repeito à Vila São José. Nas conversas com empregados mais antigos e habitantes da Vila, surgem as lembranças de pessoas e situações interessantes.

O trabalho é um relato tardio, visto a sua relevância. Diante disso, todos os esforços deverão levar à difusão junto a escolas públicas e particulares de todos os níveis, associações de moradores, ONGs diversas, bibliotecas e outras instituições da cidade. Igualmente deve chegar às universidades, além de outras instituições públicas pernambucanas de natureza histórica e cultural.
Saiba mais

Sugestão de Pauta

Nome

E-mail *

Mensagem *

Quem Somos

Quem Somos
Max Felipe - Jornalista e Editor do RecifeOlinda.com